A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) vem a público manifestar pesar pelo falecimento do ex-procurador-geral de Justiça, Francisco Cruz

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) vem a público manifestar pesar pelo falecimento do ex-procurador-geral de Justiça, Francisco Cruz, ocorrido na madrugada desta segunda-feira (15), em decorrência de Síndrome Respiratória Aguda Grave, no Hospital Santa Júlia, em Manaus. O corpo está sendo velado na funerária Canaã, e o sepultamento ocorrerá às 16h no Cemitério Parque Tarumã. Francisco Cruz deixa esposa, dois filhos e uma neta.

Nascido em Humaitá (AM), Francisco Cruz, conhecido como “Chicão” no meio jurídico, iniciou sua trajetória no Ministério Público do Amazonas (MPAM) em 1985, tendo atuado nas comarcas de São Gabriel da Cachoeira, Santa Izabel do Rio Negro, Humaitá e Parintins. Já em Manaus, foi eleito ao cargo de procurador-geral em outubro de 2010, ficando no cargo por duas gestões. Em 2019, por aposentadoria voluntária, deixou o órgão e um legado de 34 anos de Ministério Público do Estado do Amazonas, passando a se dedicar à advocacia.

A Defensoria Pública se solidariza com a família e os amigos pela perda, neste momento de dor, e expressa seus mais sinceros sentimentos.

Categorias: NOTAS